Matt Heart, músico que compôs Eternal Knight, cuja letra fala da história de amor entre vampiros, está processando a Summit, estúdio responsável pelos filmes protagonizados por Robert Pattinson e Kristen Stewart, de Crepúsculo.

A canção foi escrita em 2002, de acordo com o The Hollywood Reporter. Ambicioso, o músico de Ohio, Estados Unidos, conseguiu vendê-la para o iTunes, CD Baby e a Amzon.com, após postá-la no YouTube. O problema surgiu quando Heart colocou na capa do CD uma ilustração que foi considerada pelo estúdio do filme uma cópia do tema vampiresco deles.A Summit alertou as lojas online, que retiraram a música de suas plataformas. Representantes do estúdio trocaram mensagens com o músico, mas não entraram num acordo se houve uso indevido ou não da marca Crepúsculo.

Assim, Matt Heart entrou com um processo contra o estúdio dizendo que eles apresentaram de maneira indevida seus direitos legais, já que a canção Eternal Knight foi escrita antes do lançamento da franquia de vampiros.No processo, Heart acusa também a Summit de fraude e provedora de stress emocional, interferência escusa e difamação. O músico exige um pagamento de US$ 75 mil dólares.


00:09
Post: 



0 responses to "MÚSICO PROCESSA ESTÚDIO POR A SAGA CREPÚSCULO"


Postar um comentário

Comentem

Related Posts with Thumbnails