O The Varsity tem um artigo que essencialmente compara/diferencia Bella e Hermione em como elas se encaixam nos papeis femininos da era moderna. Há muito que pode ser considerado uma grande baboseira no texto, que parece algo como uma pesquisa para uma tese. No final, ele conclui:

 
“O que Hermione parece representar são as dificuldades de ser uma mulher moderna. Ela tem um alcance emocional feminino, e ainda assim parece encontrar uma maneira de mediar entre masculino e feminino, o que fez com que ela cultivasse uma carreira de sucesso.Bella representa uma mulher muito mais tradicional, uma que dedica sua vida a seu marido e à sua filha.
Uma coisa com que eu espero que as feministas modernas irão concordar é que Bella e Hermione são modelos modernos melhores que, como diz Miley Cyrus em sua música, “Can’t be Tamed” [não podem ser domadas]. Essa música representa o pesadelo do machão heterossexual, não é? Jane Godall descobriu que, sem o comando das estruturas sociais unificadoras, primatas transformariam uns aos outros em farrapos. Seres humanos podem ser absolutamente brutos. Precisamos ser domados para trabalharmos em sociedade. É por isso que é aceitável que mordamos uns aos outros apenas durante a fase dos ‘terríveis dois anos’ [de relacionamento].”Há algumas considerações interessantes, se você conseguir entender todas as citações e análises clínicas.


14:21
Post: 



0 responses to "A PSICOLOGIA DE 'HARRY POTTER' E 'CREPÚSCULO'"


Postar um comentário

Comentem

Related Posts with Thumbnails